Homepage
Siga-nos no LinkedIn
Siga-nos no LinkedIn
Direção-Geral das Atividades Económicas
Comércio com HistóriaEspaço Comerciante
DGAE - topo

Gravação | Webinar “PACT4SKILLS in EU Industrial Ecosystems”

PACT4SKILLS in EU Industrial Ecosystems

Numa das últimas iniciativas no âmbito da PPUE 2021, representantes da Comissão Europeia, da Business Europe, da European Round Table for Industry, das empresas e do sistema de ciência, tecnologia e ensino superior nacionais reuniram-se numa reflexão sobre os desafios que as economias da União Europeia enfrentam em termos de qualificação e requalificação da mão-de-obra, em resultado da mudança de paradigma industrial, que assenta na dupla transição (verde e digital) e na necessidade de reforço da resiliência e da capacidade adaptativa das empresas europeias e das cadeias de valor em que se inserem. Para os que não tiveram oportunidade de assistir e para todos aqueles que queiram agora rever o evento, na totalidade ou alguma intervenção em particular, a DGAE disponibiliza a gravação, devidamente autorizada por todos os oradores, a quem muito agradece a generosa contribuição para esta importante reflexão.


Assista aqui à gravação do evento.


No passado dia 21 de junho, realizou-se o Webinar “PACT4SKILLS in EU INDUSTRIAL ECOSYSTEMS”, organizado pela Direção-Geral das Atividades Económicas com o objetivo de promover a reflexão sobre o papel do Pacto Europeu para a Promoção de Competências nos Ecossistemas Industriais. Este foi um dos últimos eventos realizados no âmbito da Presidência do Conselho da União Europeia de 2021, tendo contado com a abertura pelo Secretário de Estado Adjunto e da Economia, que salientou as preocupações com os efeitos da dupla transição na estrutura do emprego, fazendo referência aos investimentos previstos no Plano de Recuperação e Resiliência que visam a mitigação dos mesmos.

O primeiro painel teve inicio com Marie Boscher, em representação da Comissão Europeia, que fez uma breve apresentação do Pacto para as Competências e dos resultados alcançados até esta data no âmbito da mesa redonda do Ecossistema de Proximidade e Economia Social. Por sua vez, Maxime Cerutti, da Business Europe, centrou a sua apresentação na importância do “upskilling” da mão-obra para a melhoria da resiliência e da competitividade das empresas europeias, enquanto João Günther Amaral, da European Roundtable for Industry (ERT) e da Sonae, destacou a iniciativa Reskilling 4 Employment (R4E) – "Requalificar para o Emprego”, uma iniciativa da ERT que tem como objetivo requalificar desempregados ou profissionais cujos postos de trabalho possam estar em risco, em resultado das profundas transformações da indústria e das consequentes alterações na estrutura do emprego. 

Num segundo painel, a Diretora Técnica do Centro de Engenharia e Desenvolvimento de Produto (CEiiA), Helena Silva, evidenciou o papel do capital humano no desenvolvimento de tecnologias avançadas que estão na base da dupla transição, verde e digital, e a necessidade de uma cada vez maior colaboração entre as entidades do sistema científico e tecnológico e a indústria nacional. Seguiu-se a apresentação do Diretor da Nova School of Business and Economics (SBE), Daniel Traça, que destacou a importância das chamadas soft skills e as de liderança, bem como o papel crucial que estas terão nos ajustamentos que as empresas europeias terão de fazer para dar resposta aos desafios colocados pela dupla transição, que exigem maior capacidade de inovação tecnológica e de empreendedorismo. A encerrar o painel, António Pontes, da Escola de Engenharia da Universidade do Minho e coordenador da parceria Bosch-UMinho, partilhou um caso de sucesso à escala europeia na ligação entre o meio empresarial e a academia na transferência de conhecimento e desenvolvimento de competências. 

Fernanda Ferreira Dias, Diretora-Geral das Atividades Económicas, encerrou o evento, reconhecendo a importância do tema e fazendo uma referência final a uma mensagem, de certa forma transversal a todas as intervenções: a necessidade de, neste período único e desafiante, promover uma maior colaboração e união de esforços, sendo o Pacto para as Competências uma oportunidade para reforçar a dimensão social e solidária da União Europeia.


  • PRR
  • Comunicar às Empresas
  • Estatuto de Bloqueio
  • Dashboard e outras Estatísticas
  • Rótulo Ecológico
  • Questões e Sugestões
  • Estamos ON