Homepage
Siga-nos no LinkedIn
Siga-nos no LinkedIn
Direção-Geral das Atividades Económicas
Comércio com HistóriaEspaço Comerciante
DGAE - topo

Assistente virtual simplifica o atendimento a empresas e a consumidores

Assistente Virtual

Já é possível solicitar permanentemente informações à Direção-Geral das Atividades Económicas [DGAE], através de um Assistente Virtual, a funcionar no sítio eletrónico deste organismo, e desenvolvido no âmbito do Programa Simplex.

Acessível através de computador, tablet e telemóvel, esta ferramenta experimental de atendimento virtual permite aceder a esclarecimentos nas áreas do Comércio, Serviços e Restauração, bem como a temas relacionados com matérias fertilizantes, gestão do sistema de atribuição do Rótulo Ecológico da UE, autorização de introdução no mercado de Novos Produtos do Tabaco e obrigações dos operadores económicos no âmbito do controlo de atividades com substâncias Precursoras de Droga. 

Desenvolvida através de um sistema de Inteligência Artificial, de modo a disponibilizar o atendimento e a informação 24 horas por dia e 7 dias por semana, este mecanismo permite atendimentos simultâneos e sem fila de espera.

A Direção Geral do Consumidor irá igualmente disponibilizar esta ferramenta de atendimento virtual no âmbito dos direitos dos consumidores, encontrando-se já em fase experimental um conjunto de informações sobre conflitos de consumo, meios de resolução alternativa de litígios, garantias dos bens e livro de reclamações.

A existência desta ferramenta não impede, se necessário, um atendimento direto e personalizado, via contacto telefónico ou endereço eletrónico para colocação de questões.

Este mecanismo será continuamente melhorado, perspetivando-se o incremento da qualidade do serviço de atendimento, criando filtros inteligentes para disponibilização de informações relevantes, num trabalho ininterrupto da DGAE e da DGC.

Para o Secretário de Estado do Comércio, Serviços e Defesa do Consumidor, João Torres, «esta ferramenta é um excelente ponto de partida da utilização de modelos de inovação baseados em Inteligência Artificial, permitindo simplificar o trabalho da Administração Pública colocando-o ao serviço do comércio e serviços e da defesa do consumidor». 

«Trata-se de um mecanismo que funcionará como uma porta de entrada dos operadores económicas e dos consumidores para a obtenção de informação geral sobre inúmeras temáticas», explicou. 

Por seu turno, a Secretária de Estado da Inovação e da Modernização Administrativa refere que «o Governo prossegue a trajetória de transformação dos serviços públicos, apostando na proximidade a pessoas e empresas, por via de soluções digitais ou presenciais que respondem às suas necessidades diferenciadas».

«Esta é também uma solução assente na colaboração entre serviços, que permite criar melhores soluções através da partilha de conhecimento e recursos na administração pública», acrescenta ainda Maria de Fátima Fonseca.

Esta medida de iniciativa das áreas governativas da Economia e da Transição Digital e da Modernização do Estado e da Administração Pública, através da Direção-Geral das Atividades Económicas e da Agência para a Modernização Administrativa (AMA), cumpre, assim, mais um objetivo no âmbito da promoção da desmaterialização de processos, da simplificação administrativa e da disponibilização de serviços e de informação num único local. 





  • PRR
  • Comunicar às Empresas
  • Estatuto de Bloqueio
  • Dashboard e outras Estatísticas
  • Rótulo Ecológico
  • Questões e Sugestões
  • Estamos ON