Homepage
Direção-Geral das Atividades Económicas
    Espaço Comerciante
    Política Empresarial

    Política Empresarial


    A nível da União Europeia, as micro, pequenas e médias empresas (PME) constituem 99 % das empresas na U.E. São uma parte essencial do “sector empresarial não financeiro” e são responsáveis por dois em cada três empregos no setor privado contribuindo para mais de metade do valor acrescentado total criado pelas empresas. Nove em cada dez PME são microempresas com menos de 10 trabalhadores.

    Também em Portugal as PME constituem parte essencial do nosso tecido empresarial,  representando 99,9 % do total das empresas. A contribuição das PME portuguesas no valor acrescentado total é de cerca de 68,5 %, representando cerca de 78,1 % do emprego total nacional. Estas percentagens situam-se acima das respetivas médias da U.E de cerca de 58,6 % e 66,6 %, respetivamente. Como na maior parte da Europa, os dois principais contribuintes para o emprego e o valor acrescentado das PME são a indústria transformadora, bem como os setores do comércio por grosso e retalho.

    As PME são o motor da inovação e da criação de emprego na Europa. O seu papel na economia europeia tem isso sido ao longo dos anos amplamente reconhecido ao mais alto nível político.

    A sua dimensão torna-as vulneráveis às mudanças e a todo o enquadramento conjuntural, sendo crucial abordagens com soluções a uma só voz pelos diferentes Estados Membros da União Europeia.Na área da política da empresa, importa promover as boas práticas e em simultâneo criar as condições que permitam o desenvolvimento sustentável do empreendedorismo, da inovação/digitalização, e da internacionalização das PME. Particular relevância para as questões do financiamento das PME, onde formas inovadoras de financiamento tem que ser encontradas como alternativa aos tradicionais empréstimos bancários, mecanismos estes que funcionarão a par dos diversos sistemas de incentivos de apoio às empresas e dos  instrumentos de financiamento ao dispor, via Fundos Estruturais PT2020 e  Programas e Fundos Comunitários (Horizonte 2020, COSME, FEIE- Fundos Europeus de Investimento Estratégico).

    Releva-se no domínio das várias iniciativas da U.E aquela que foi a mais orientada para as PME a iniciativa Small Business Act (SBA), a qual tem vindo a ser implementada a nível da U.E. e dos Estados Membros e onde Portugal nas várias politicas adotadas tem vindo a destacar-se.

    Com a denominada IV Revolução Industrial ou Indústria 4.0, assiste-se a uma alteração de paradigma, surgindo um conjunto de questões-chave essenciais ao bom funcionamento da economia. Permitir que as PME se adaptem e prosperem num contexto cada vez mais aberto e participem mais ativamente na transformação digital, é essencial para impulsionar o crescimento económico e contribuir para uma globalização mais inclusiva. Neste sentido, um conjunto de desafios específicos que as PME enfrentam terão que ser ultrapassados  É prioritário que as PME adquiram capacidade e competências digitais que permitam utilizar estrategicamente as novas tecnologias para repensar e melhorar os seus modelos de negócio, os seus processos e procedimentos internos e adquiriam liderança digital.

    • Comunicar às Empresas
    • Consultas Públicas
    • Questões e Sugestões
    • Simplex
    66